BioPeixe.com

Bio Beixe

Tudo o conhecimento para o seu aquario

Categoria: Doenças

Esta página teve 1.112 views
Buraco na cabeça ou Hexamistíase (Hexamita)

Quando o peixe é atacado pela doença do buraco na cabeça ou Hexamistíase (Hexamita), Hole-in-the-head, este problema torne-se muito difícil de se resolver, o melhor é sempre tomar as precauções para evitar que acontece.

O agente etiológico da doença é o Hexamita, protozoário flagelado. O nome “Parasita do Disco”. Esta doença é chamada de “Hole-in-the-head” (Buraco na cabeça), frequentemente observada em Discos, Acarás, Óscar e outros Ciclídeos, associando-se a presença do Hexamita, bem como a infecções bacterianas, desnutrição ou aquário sujo.

Em muitos peixes a infecção é inaparente, encontra se dos intestinos dos juvenis das espécies de ciclídeos e Gouramis, em geral é inofensivo e só ataca os peixes debilitados devido à idade ou a deficientes de condições do meio onde vive.

Buraco na cabeça ou Hexamistíase (Hexamita)Por isso, quando descobrirmos um peixe muito enfraquecido devemos pensar, além dos distúrbios alimentares, primeiro em Tuberculose e depois em Hexamita. Outro sinal que podemos observado na doença é o escurecimento da pele.

Tratamento:

A prevenção se faz através da boa alimentação, a qual evita lesões intestinais. Manter limpo e higiénico o aquário. No tratamento, deite no aquário Metronidazole ou Dimetronidazole (50 mg por cada 4,5 litros de água) previamente diluído em água, repita ao fim de 3 dias. Suplementos de vitaminas A, C e E, o que aceleram o tratamento. Também pode combater esta doença com Flagyl.Buraco na cabeça ou Hexamistíase (Hexamita)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Copeina guttata
Echinodorus-grisebachii
Echinodorus grisebachii
O nosso grupo no Facebook
Echinodorus grisebachii
The Aquarium
Copyright © 1983- 2019 todos os direitos de autor reservado. Todas as informações e fotografias contidas nesta página não podem ser reproduzidas, mesmo parcialmente, sem o acordo do autor.
Uma paixão que já dura desde da década de 80, mais precisamente em 1983, o ano da descoberta do mundo da aquariofilia com o meu primeiro aquário de 60 litros, neste momento posso dizer que tenho um conhecimento médio/alto. Bio-Peixe Grupo no Facebook ou Facebook