BioPeixe.com

Bio Beixe

Tudo o conhecimento para o seu aquario

Voltar para a : Catálgo dos Peixes

Teve 1.113 views
A Família dos Osphronemidae, Anabantídeos
Osphronemidae
Imagem representativa da espécie
Classificação Científica
Reino:
Animalia
Filo:
Chordata
Classe:
Actinopterygii
Ordem:
Perciformes
Família:
Osphronemidae
Distribuição Geografica

A família dos Osphronemidae que também são conhecidos como Anabantídeos.

Este grupo de peixes, os Osphronemidae são de água doce, de um tamanho médio e são nativa da África e Sul da Ásia. O peixe que melhor representa este grupo é a Colisa ou os Macropodus chamados de peixe do paraíso. Estes peixes são muitos conhecidos pela sua beleza parados com os outros peixes, sobretudo com os outros peixes da mesma família. Outras espécies tais com os Gouramis são pei­xes graciosos, lentos e são bastante pacífico, embora possam se tornar agressivos na época da desova.

Ape­sar de algumas espécies serem incubadores bocais, a maior parte delas fazem a postura em ninhos de bolhas de ar, guardando os ovos fertili­zados sob um ninho de bolhas criadas pelos peixes na superfície da água. O aquário deve ter muitas plan­tas que possam servir de refúgio às fêmeas durante o período de repro­dução.

Todos os membros da família Osphronemidae, têm em co­mum entre si um órgão suplementar de respiração (localizado na cabeça, imediatamente atrás das guelras) que permite armazenar o ar húmi­do da atmosfera recolhido à super­fície da água. Isto permite que o peixe consiga sobreviver quando os níveis de oxigénio dissolvido na água forem baixos. Este órgão chamado labirinto, é que lhe permite efectuar uma respiração de ar atmosférico. O labirinto é em uma estrutura foliácea coberta por uma camada de pele bastante vascularizada e encontra-se na parte superior de ambas as camadas branqueia. O peixe apanha a superfície uma bolha de ar, que é dirigida para o labirinto, onde se dão as trocas gasosas, absorção de oxigénio e eliminação de anidrido carbónico. Esta respiração acessória é tão importante como a branqueia, o peixe não pode viver só com um destes tipos de respiração. O labirinto não existe a nascença, só se desenvolve passado umas semanas. Este tipo de respiração permite a estas família de viverem em águas muito pobres em oxigénio, o seu habitat natural são os canais de irrigação, os campos de cultivos do arroz ou outros locais de águas paradas e pouco profundas. Por isso dá-se bem em cativeiro e não necessitam de um aquário muito espaçoso.

O seu tipo de reprodução é bastante curioso. Na maioria das espécies, é o macho que constrói um ninho de bolhas na superfície, o que geralmente é feito entre as folhas plantas flutuantes e depois obriga a fêmea a se dirige para o ninho, por vezes com bastante violência. Após várias tentativas, o macho abraça a fêmea com o seu corpo e, obrigando a se inverter, girando sobre si próprio, exercendo uma ligeira pressão sobre o ventre, de modo a que os ovos sejam expelidos. Estes são imediatamente fertilizados e recolhidos pelo macho e coloca-os no ninho, os ovos que estão dispersos o macho também os recolham. Esta manobra se repete várias vezes, até a exaustão dos ovos. Nesta altura a fêmea deve ser retirada, porque geralmente é maltratada pelo macho, que guarda com muito cuidado os ovos, reforçando continuamente o ninho. Após a eclosão dos ovos, o macho deve ser também retirado. É necessário ter o aquário bem tapado e com a água convenientemente filtrada durante a formação do labirinto nos alevins, o que se da geralmente entre 2 a 3 semanas após o nascimento.

Trichogaster fasciata
Aponogeton Dioecus
Aponogeton Dioecus
O nosso grupo no Facebook
Aponogeton Dioecus
Practical Fishkeeping - 2016 - 09-Setembro
Aqualon-2010-Janeiro-Fevereiro-Marco
Copyright © 1983- 2020 todos os direitos de autor reservado. Todas as informações e fotografias contidas nesta página não podem ser reproduzidas, mesmo parcialmente, sem o acordo do autor.
Uma paixão que já dura desde da década de 80, mais precisamente em 1983, o ano da descoberta do mundo da aquariofilia com o meu primeiro aquário de 60 litros, neste momento posso dizer que tenho um conhecimento médio/alto. Bio-Peixe Grupo no Facebook ou Facebook