BioPeixe.com

Bio Beixe

Tudo o conhecimento para o seu aquario

Voltar para a : Catálgo dos Peixes

Teve 730 views
Betta Splendens
Betta combatente - Betta splendens

Regan, 1910

Família :
Osphronemidae
Gênero :
Betta
Nome Científico :
Betta splendens
Nome Comum :
Betta combatente
Origem :
Ásia -
Tamanho:
5 - 8
Dureza da água :
4 - 10
PH :
6 - 8
Temperatura ºC :
23 - 32
Aquário Mínimo :
20 Litros
Comportamento :
Agressivo
Alimento :
Carnívoro
Anos de Vida :
2 – 7 Anos
Localização :
Tailândia, Malásia
Betta combatente - Betta splendens

Regan, 1910

Descrição Caracteristicas e Aspectos

Descrição Características e Aspectos

Os Betta splendens são peixes relativamente pacíficos. O seu comportamento agressivo é notado quando misturado com outros peixes da família dos Osphronemidae ou com outro peixe de barbatanas coloridas e longas, que o Betta pode confundir com um outro Betta, como os machos do Guppies.

A coloração vistosa e as grandes barbatanas dos Betta splendens, foram conseguidas através de seleção e não existem nos exemplares selvagens. Os Betta splendens selvagens são de core verde / marrom, com nadadeiras avermelhadas e de cauda curto. Estes tipos selvagens são encontrados em plantações de arroz em largos na TailândiaVietnam e Malásia. Embora rasas (entre 7 e 15 centímetros de água dependendo da época) são muito amplas estas massas de água, ou seja, a teoria de que Bettas vivem em poças é completamente falso, especialmente na estação seca, onde eles vivem em poças que ainda estão ligadas.
Os machos não devem ser mantidos com outros machos ou fêmeas, a menos que o aquário seja muito grande e bem plantada com muitos lugares para se esconder. As Fêmeas desenvolvem uma hierarquia de modo que deve ser mantidas sozinhas ou em grupos de 5 ou mais em um mínimo de 40 litros. As fêmeas têm um ovipositor visível, um pequeno ponto branco atrás de suas barbatanas ventrais. As barbatanas ventrais de uma fêmea serão mais curtas e arredondadas, a nadadeira anal do macho é mais retangular. Quando dois Betta se encontram, ambos os peixes, machos e a fêmeas vão exibir as suas guelras e estender suas barbatanas, porém as guelras de uma fêmea serão menores. Os Bettas não devem ser mantidos no aquário com companheiros agressivos, como Ciclídeos ou com peixe que podem beliscar suas barbatanas como DâniosTetras ou outos peixes agressivos.

Manutenção e Reprodução

A sua reprodução é fácil, deverá ser feita em um aquário com água velha e com plantas flutuantes e basta ter um macho e uma fêmea compatível. O macho faz um ninho de bolhas á superfície, onde são colocados os ovos, em números de 300 a 500. A eclosão dá-se em 30 a 40 horas a 30 graus e os alevins mantém-se no ninho durante os 3 dias de reabsorção do saco vitelino. Quando começam a nadar podem comer infusórios e depois comida seca pulverizada ou Artémia recém-nascida.
Videos
Mapa (Área de distribuição)
Ásia -
Foto
Trichogaster leeri
echinodorus-cordifolius
Echinodorus cordifolius
O nosso grupo no Facebook
Echinodorus Cordifolius
Copyright © 1983- 2019 todos os direitos de autor reservado. Todas as informações e fotografias contidas nesta página não podem ser reproduzidas, mesmo parcialmente, sem o acordo do autor.
Uma paixão que já dura desde da década de 80, mais precisamente em 1983, o ano da descoberta do mundo da aquariofilia com o meu primeiro aquário de 60 litros, neste momento posso dizer que tenho um conhecimento médio/alto. Bio-Peixe Grupo no Facebook ou Facebook