BioPeixe.com

Bio Beixe

Tudo o conhecimento para o seu aquario

Voltar para a : Catálgo dos Peixes

Teve 476 views
Carnegiella strigata
Peixe machado mármore - Carnegiella strigata

Günther, 1864

Família :
Gasteropelecidae
Gênero :
Carnegiella
Nome Científico :
Carnegiella strigata
Nome Comum :
Peixe machado mármore
Origem :
America do Sul -
Tamanho:
4 – 5
Dureza da água :
3 – 18
PH :
5 – 7.5
Temperatura ºC :
24 – 29
Aquário Mínimo :
60 Litros
Comportamento :
Pacifico
Alimento :
Carnívoro
Anos de Vida :
2 - 5
Localização :
Amazonas, Guianas
Peixe machado mármore - Carnegiella strigata

Günther, 1864

Descrição Caracteristicas e Aspectos

Carnegiella strigata é oriundo da América do Sul mais especificamente da bacia do Rio Amazonas médio e superior, sul do Amazonas e do Rio Caquetá na Colômbia e da Guiana nos rio de médio porte. Principalmente em pequenos riachos e várzeas de rios.

Carnegiella strigata tem o dorso esverdeado e os flancos prateados com três faixas oblíquas de cor escura ou manchas pretas. Tem as nadadeiras peitorais muito bem desenvolvidas, e nadar quase invisivelmente. As fêmeas têm o abdómen maior do que os dos machos, e é apenas identificáveis durante a desova, quando os ovos podem ser vistos no interior do seu corpo.

Manutenção e Reprodução

Um peixe de habitat de nanar logo abaixa a superfície da água, pacífico, que deve estar em cardumes de 6 ou mais. Eles não devem ser mantidos com peixes violentos, mas podemos ser manter em um aquário comunitário com outros peixes pacíficos, onde os outros peixes são habitantes do meio ou de fundo do aquário. O seu aquário devera ter uma tampa bem justa, porque eles são excelentes saltadores e tem a tendência de saltar para for do aquário se sentir medo por algum motivo, o aquário devera ter um tamanho mínimo de 80 cm
São principalmente carnívoros e prefere o alimento vivo ao congelado, como Micro-vermes e Dáfnias. Também pode-mos dar flocos ou um granulado flutuante, e devera ser alimentado uma ou duas vezes ao dia.
A reprodução é semelhante aos Gasteropelecus sternicla (peixe machado). Será necessário um aquário do mínimo de 60 litros com água cuidadosamente filtrada com turfa, o PH devera ser de 5,5 á 6 e a água muito macia 4 Dh. É importante instalar o aquário para a reprodução em um lugar calmo e sombrio. Na superfície da água devera ter plantas flutuantes, porque graças as raízes, a postura não afunda tento e desta forma não se perde muitos ovos. Deve-se retirar os progenitores logo depois a desova para que eles não devorar a postura.
A eclosão dá-se em cerca de 24 – 36 horas a uma temperatura de 25 graus. Depois da eclosão você pode começar a alimentar com infusórios. Poucos dias depois, eles serão grandes o suficiente para comer Artémia e também pequenos crustáceos, exemplo pulga de água. Cerca de três semanas mais tarde começam a mudar a forma do corpo para assemelharam aos adultos. Toda a mais para os peixes machado podem ser reproduzidos, mantê-los não é difícil, mas inicialmente são relutantes em comer a comida seca.
Videos
Mapa (Área de distribuição)
America do Sul -
Foto
Nothobranchius guentheri
Aponogeton Bernierianus
Aponogeton Bernierianus
O nosso grupo no Facebook
Aponogeton Bernierianus
The Aquarium
The Aquarium
Copyright © 1983- 2019 todos os direitos de autor reservado. Todas as informações e fotografias contidas nesta página não podem ser reproduzidas, mesmo parcialmente, sem o acordo do autor.
Uma paixão que já dura desde da década de 80, mais precisamente em 1983, o ano da descoberta do mundo da aquariofilia com o meu primeiro aquário de 60 litros, neste momento posso dizer que tenho um conhecimento médio/alto. Bio-Peixe Grupo no Facebook ou Facebook