BioPeixe.com

Bio Beixe

Tudo o conhecimento para o seu aquario

Voltar para a : Catálgo das Plantas

Teve 834 views
Echinodorus grisebachii
Echinodorus-grisebachii
Amazonense - Echinodorus grisebachii

(Small 1909)

Família :
Alismataceae
Gênero :
Echinodorus
Nome Científico :
Echinodorus grisebachii
Nome Comum :
Amazonense
Origem :
America do Sul -
País de Origem :
Bolívia, Costa Rica, Equador, Nicarágua, Peru, Brasil
Estrutura da planta :
Rizomas
Tamanho:
30 - 60
Dureza da água :
4 - 18
PH :
6 - 7
Temperatura ºC :
22 - 30
Tipo de substrato :
Areia com argila
Substrato Fertil :
Sim
Decessidade de Luz :
Média/Alta
Crescimento :
Lento
Necessidade de Co2 :
Baixa
Localização no Aquario :
Traz
Manutenção :
Média
Echinodorus-grisebachii
Amazonense - Echinodorus grisebachii

(Small 1909)

Descrição Caracteristicas e Aspectos

A Echinodorus grisebachii é uma planta aquática muito popular entre os aquaristas de água doce devido à sua resistência e a sua coloração de um maravilhosa verde. Ela é nativa do Brasil e, na natureza, encontramos em lagos, rios, pântanos e terras húmidas da bacia Amazónica, onde se encontra crescendo submerso entre 50 a 100 cm de profundidade em água com corrente lento.

É uma planta de fundo ideal para qualquer aquário plantado. Pode crescer em condição em que fica parcialmente submersa e torna uma boa escolha para os terrários ou ripários, bem como ao aquário plantado tradicional. É fácil de cultivar e produz folhagem verdejante que parece bastante atraente no aquário.

A planta Echinodorus grisebachii também é muito popular entre os aquaristas devido ao seu tamanho impressionante, sublime beleza, e as suas necessidades de cuidados mínimos. Pode crescer até um máximo de 35 a 50 cm de altura, em condições adequadas de aquário. Tem rizoma curto, inúmeros muito longos e espada em forma de folhas com cerca de 2-3 cm de largura que compõem a parte principal da planta. As folhas são pálidas a cores verde-escuras com pontas pontiagudas e caule bastante curto.

A folha tem cinco veios que se estendem a partir da base para a ponta de cada folha. Quando é cultivado isoladamente em grande aquário em seguida, ele faz um grande ponto focal. Quando ele é usado em grupos, eles criam um fundo interessante entre outras plantas de aquário. Ela produz flores com 3 sépalas verdes e 3 pétalas brancas sobre um longo da haste que emerge acima da superfície da água. A Echinodorus grisebachii pode facilmente propagar por plantas que se desenvolve como planta mãe com o cuidado adequado, sob condição de aquário.

Desenvolvem-se bem sobre areia grossa com sedimentos, mas prosperam melhor num solo constituído por areia grossa, terra vegetal e argila. Ao fim de 1 a 2 anos, é aconselhável renovar o solo ou, de uma forma mais prática, enterrar junto às raízes bolas de argila seca previamente misturada com uma pequena porção de fertilizante, dos vulgarmente utilizados em horticultura. Doses regulares de um fertilizante rico ferro deve ser adicionados semanalmente após uma mudança da água.

Devem ser plantadas em local espaçoso de modo a poderem desenvolver completamente a sua magnífica folhagem; outras espécies plantadas nas suas proximidades correm o risco de não poder competir com o seu volumoso sistema radicular.

Em aquário verifica-se o aparecimento regular de estolhos que geralmente enraízam por si próprios. Podemos então cortar o pedúnculo que os liga ao pé original e plantá-los noutro local. É frequente observar-se a floração desta espécie em aquário, desde que disponha de um espaço aéreo suficiente entre a superfície da água e a tampa do aquário.

Videos
Mapa (Área de distribuição)
America do Sul - Bolívia, Costa Rica, Equador, Nicarágua, Peru, Brasil
Foto
Carnegiella strigata
planta aquario potamogeton lucens
Potamogeton Lucens
O nosso grupo no Facebook
Potamogeton Lucens
The Aquarium
The Aquarium
Copyright © 1983- 2020 todos os direitos de autor reservado. Todas as informações e fotografias contidas nesta página não podem ser reproduzidas, mesmo parcialmente, sem o acordo do autor.
Uma paixão que já dura desde da década de 80, mais precisamente em 1983, o ano da descoberta do mundo da aquariofilia com o meu primeiro aquário de 60 litros, neste momento posso dizer que tenho um conhecimento médio/alto. Bio-Peixe Grupo no Facebook ou Facebook