BioPeixe.com

Bio Beixe

Tudo o conhecimento para o seu aquario

Categoria: Iluminação

Esta página teve 653 views
Escolha correctamente as lâmpadas fluorescentes de aquários

A qualidade iluminação dos tubos das lâmpadas fluorescentes

para plantas, devem aproximar-se das características do sol. A temperatura de cor do sol situa-se em redor de 6500°K com um IRC de 100. A escolha do tubo das lâmpadas fluorescentes é aquela que se próxima mais dos valores referidos anteriormente. Constata-se por exemplo, que os tubos lâmpadas fluorescentes por volta de 4000°K (luz quente) fazem crescer as plantas em altura, enquanto os valores por volta de 8500°K (luz ligeiramente azulado) fazem crescer as plantas em volume. Não são desejáveis estes dois extremos. O ideal encontra-se entre 6000 e 7500°K. Se a vossa calha de iluminação sofrer um ligeiro subdimensionamento do ponto de vista da iluminação, escolha os tubos das lâmpadas fluorescentes que tenha uma potência acima da desejada.

Escolha corretamente as lâmpadas fluorescentes do aquários

Os tubos das lâmpadas fluorescentes que respeitam o melhor possível de todos os aspetos é o tubo Biolux de Osram. A sua temperatura de cor é de 6500°K e o seu IRC é de 97 com estes tubos de lâmpadas fluorescentes, as plantas crescem mais rapidamente, e dá aos peixes umas cores mais brilhantes. A Biolux é bastante luminosa (bom rendimento).

  • 1100 Lux para os tubos de 18 Watts.
  • 1600 Lux para os tubos de 30 Watts.
  • 2300 Lux para os tubos de 36 Watts.
  • 3700 Lux para os tubos de 58 Watts

A luz UV A e B são igualmente necessário às plantas e aos peixes, mas Escolha corretamente as lâmpadas fluorescentes do aquáriosem fraca quantidade. Em contrapartida a luz UV C é muito perigosa e a luz UV B deve ser de uma quantidade bastante fraca, porque em doses demasiado fortes é cancerígena. Um parâmetro que às vezes é criticado nos tubos Biolux que difunde ultravioletas B e tem demasiado em grande dose, de acordo com certas pessoas. Mas desde 1999 (devido à uma regulamentação Europeia), os tubos de lâmpadas fluorescentes que saem das fábricas não produzem mais UV nos tubos de lâmpadas fluorescentes.

O Biolux não é fabricado em 15W, poderá se substitui-lo por um Lux de Luxo L15w/12-950 (IRC 98,650 lm, 5000°K) de cor um pouco mais quente.
Para ler as referências dos tubos fluorescentes Osram procedem a leitura da seguinte forma:

  • L A W/Bc-dee nesta referência A é a potência em Watts, B é a tonalidade (1= fria, 2= médio, 3= quente, 4= mais quente), C é a qualidade de cores (1= bom, 2 = muito bom), D é o IRC (9=IRC> 90, 8=IRC> 80), EE é a temperatura de cor dividida por cem (ex. 50 = 5000°K).

Uma outra notação é igualmente possível para os tubos mais comuns:

  • L A W/BC. A é a potência elétrica em Watts, B é a tonalidade (1= médio, 2= quente, 3= mais quente), C é revolvimento da cor (0= medíocre, 5= relativamente medíocre, 8= médio). É bem evidente que os tubos que utilizam esta última notação não servem para o uso na aquariofilia.

O Biolux pode ser completado do Osram Fluora que são tubos de lâmpadas fluorescentes hortícolas, favorecem os processos foto biológicos indispensável ao crescimento e a vitalidade das plantas. O Fluora tem uma radiação espectral acentuada no azul e no vermelho. Estes tubos de lâmpadas fluorescentes também são utilizados, nas plantas aéreas ou aquáticas. As referências disponíveis são: L15W/77, L18W/77, L30W/77, L36W/77, L58W/77.
Os tubos de lâmpadas fluorescentes Biolux são bastante difíceis de encontrar no comércio, não procuram nas lojas de aquariofilia, a maior parte das vezes não se encontram.

Se não encontra Biolux disponíveis pode utilizar seguintes os tubos:

 

  1. Osram Biolux 72-965 : 6500 °K, IRC 97, 61 à 64 Lumens/W (Referencies L18 W/72-965, L30 W/72-965, L36 W/72-965, L58 W/72-965).
  2. Philips TLD 965: 6500°K, IRC 98 (melhor à parte o Biolux).
  3. Osram 12-950 Lumilux DeLuxe Daylight, 5000°K, IRC 98, de 44 à 64 Lumens/W (Referencies L15w/12-950, L18w/12-950, L36w/12-950, L58w/12-950).
  4. Osram 11-860 Lumilux Plus Eco Daylight, 6000°K, IRC 85, de 64 à 86 Lumens/W (Referencies L15w/11-860, L18w/11-860, L30w/11-860, L36w/11-860; L58w/11-860).
  5. Mazda Symphony AZURA: 6500°K, IRC 97 (parentes do Biolux).
  6. Philips TLD 950: 5300°K, IRC 98 (parentes do Actizoo).
  7. JBL Solar Natur: 6000°K.
  8. Actizoo Solarlux: 5300 °K, IRC 98, em média 65 Lumens/W.
  9. Mazda Symphony Harmonia: 5300°K, IRC 98 (parentes Actizoo).

 

Só compra um tubo de lâmpada fluorescente que após ter analisado os detalhe da sua ficha técnica. Não compram nunca tubo florescente (exceto se conhece a marca e o modelo) que não estão embalados, só a embalagem indica a temperatura de cor, o IRC, o espectro, a potência luminosa, o uso aconselhado que se deve ter, etc.

Trichogaster fasciata
planta aquario potamogeton gramineus
Potamogeton Gramineus
O nosso grupo no Facebook
Potamogeton Gramineus
Practical Fishkeeping - 2016 - 09-Setembro
Practical Fishkeeping - 2016 - 04-Abril
Copyright © 1983- 2019 todos os direitos de autor reservado. Todas as informações e fotografias contidas nesta página não podem ser reproduzidas, mesmo parcialmente, sem o acordo do autor.
Uma paixão que já dura desde da década de 80, mais precisamente em 1983, o ano da descoberta do mundo da aquariofilia com o meu primeiro aquário de 60 litros, neste momento posso dizer que tenho um conhecimento médio/alto. Bio-Peixe Grupo no Facebook ou Facebook